miércoles, 2 de julio de 2014

Escola do Japão registra ataque de pânico coletivo

"Mais de 20 alunas de uma escola particular na cidade de Yanagawa, província de Fukuoka, passaram por uma histeria coletiva na segunda-feira (30), após uma colega agachar no chão e começar a gritar sem motivo aparente.
Segundo o jornal Sponichi, uma aluna do 1º ano começou a gritar e chorar convulsivamente durante a aula, ficando paralisada. Logo em seguida, duas estudantes da mesma classe repetiram o comportamento da colega de classe.
Os gritos chamaram a atenção das alunas de outras classes, que correram para ver o que estava acontecendo. No total, 26 alunas passaram mal e entraram em estado de pânico. O incidente, chamado de pânico coletivo, fez com que a direção ordenasse o fechamento da escola por dois dias.
O vice-diretor da escola, Shigemitsu Mori, disse que as causas dos primeiros gritos da aluna ainda são desconhecidas. Entretanto, ele reconheceu que as alunas precisam de cuidados psicológicos em decorrência do incidente.
Nas redes sociais, alguns alunos fizeram comentários intrigantes, com alguns insinuando que a aluna estava sendo atormentada por fantasmas.
A direção da escola informou que vai conversar com testemunhas na tentativa de descobrir o motivo que resultou na histeria da aluna, acrescentando que a instituição deverá retomar suas atividades na quarta-feira (02). Os alunos do koukou equivalem ao ensino médio, com idades de 15 a 17 anos."
Visto aquí.

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada